Vivo, TIM, Oi e Claro querem cortar sua internet no celular quando a franquia acabar

people-using-smartphones

Quando sua franquia de dados acaba, a operadora geralmente mantém seu plano funcionando a uma velocidade reduzida, como 32 Kbps ou 64 Kbps, sem cobrar nada a mais. É pífio, mas ainda permite receber mensagens e manter você conectado. Infelizmente, isso está prestes a mudar.

A Vivo confirmou que, a partir de novembro, vai cortar o acesso à internet quando sua franquia de dados acabar. Para restabelecer a conexão, você terá que pagar por um pacote adicional. Fontes dizem ao jornal O Globo que Oi, TIM e Claro vão fazer o mesmo. Isso valerá para clientes pré e pós.

Vivo

Na Vivo, a mudança começa entre os clientes pré-pagos: se você consumir toda a franquia de dados, terá que pagar mais para continuar conectado.

Por exemplo, o plano Vivo Tudo oferece 75 MB por semana. Se você consumir tudo e quiser mais, precisa pagar R$ 2,99 para ter mais 50 MB, com validade de até sete dias – é possível ativar o pacote via SMS.

O mesmo vale para quem compra o plano Internet Pré de 200 MB. Segundo o Tecnoblog, a Vivo explicava nesta página (misteriosamente removida):

A partir do dia 06/11, ao atingir a franquia do pacote, o acesso à internet será interrompido. Para voltar a navegar você pode esperar a renovação do pacote, ou contratar o Vivo Internet Adicional 50 MB por R$ 2,99 com validade de até 7 dias.

A Vivo diz que vai avisar todos os seus clientes desta mudança “com a antecedência necessária”. Por lei, isso deve ser notificado com 30 dias de antecedência.

Ela também diz ao Globo que “o mesmo ajuste deverá ser implementado futuramente para os clientes de planos pós-pagos”. Na verdade, já existe um pacote adicional da Vivo para clientes pós: você pode pagar R$ 9,90 para obter 300 MB adicionais quando a franquia acabar. No entanto, ainda é possível navegar com velocidade reduzida sem pagar nada a mais… por enquanto.

vivo-navegar-mais1

Os motivos

Esta não é uma mudança bem-vinda, e a própria Vivo explica (sem querer) o porquê:

Se durante os 30 dias o saldo de seu Vivo Controle se esgotar, você ainda assim continua acessando a internet. Afinal, ninguém sabe que dia vai receber aquele email que tanto esperava, ou a que horas vai ter um novo recado no Facebook ou Twitter.

Então por que tirar isso de nós?! Especialistas dizem ao Globo que as operadoras veem aí um espaço para ganhar mais dinheiro com internet móvel, e vão fazer exatamente isso.

Além disso, pacotes de dados adicionais são uma tendência em diversos países da Europa e nos EUA. Há alguns anos, operadoras americanas até tentaram oferecer a “velocidade reduzida”, mas os clientes não gostaram, reclamando da baixa qualidade na conexão.

Essa é a mesma justificativa que Roberto Guenzburger, diretor de produtos da Oi, oferece aoGlobo: a velocidade reduzida afeta a percepção de imagem das operadoras, porque “o cliente não consegue navegar da forma que gosta”. A solução, pelo visto, é cortar o acesso ao 3G quando a franquia acabar.

A TIM também deve cobrar pelo consumo além da franquia. Roger Solé, diretor de marketing da operadora, diz que “hoje as pessoas consomem muito além de seu pacote de dados”. Antigamente, quando o consumo de dados era baixo, faria mais sentido oferecer a velocidade reduzida.

A Claro não comentou sobre a tendência, mas fontes dizem ao jornal que ela também vai lançar um pacote semelhante em breve.

Ou seja, se você usa bastante o 3G (ou 4G, ou EDGE) no celular, prepare-se para pagar mais. É questão de tempo até que a velocidade reduzida, essa “camaradagem” das operadoras, desapareça de vez. [O Globo via Olhar Digital]

Fonte: Gizmodo






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.