Estudo revela que dormir pouco aumenta em mais de quatro vezes chance de ficar doente

mulher-dormir

Uma boa noite de sono já tem seus benefícios reconhecidos há muito tempo pela medicina. Ainda assim, um novo estudo publicado na revista Sleep encontrou mais um ponto importante: dormir pouco pode aumentar as chances de ficar doente. “Vai além de se sentir grogue ou irritado”, afirmou o professor de Psiquiatria na Universidade da Califórnia em San Francisco (UCSF) e líder do estudo, Aric Prather. “Não dormir o suficiente afeta a saúde física”, completou. Os pesquisadores mostraram que pessoas que dormem seis horas ou menos por dia têm chance 4,2 vezes maior de pegar resfriados, com relação a quem dorme pelo menos sete horas. Para quem dorme por menos de cinco horas, a relação foi de 4,5 vezes. O estudo monitorou o padrão de sono de 164 voluntários com sensores que medem a duração e qualidade do sono, além de responderem entrevistas e questionários para avaliação de variáveis como estresse, temperamento e uso de álcool e tabaco. “Não importa a idade, os níveis de estresse, a raça, educação ou renda. Não importa se é fumante ou não. Com todas essas variáveis sendo consideradas, estatisticamente o sono se mostrou um forte indicador para a suscetibilidade ao vírus do resfriado”, disse Prather.

Fonte: Bahia Notícias






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.