Clientes Banco do Brasil podem fazer saques em dólar em caixas eletrônicos nos principais aeroportos do País

atm-dolar

O Banco do Brasil dispõe atualmente de caixas eletrônicos para a venda de dólares norte-americanos nos aeroportos de Guarulhos, Galeão e Brasília. A transação, exclusiva para clientes do banco, leva cerca de um minuto e o dinheiro é debitado da conta corrente do usuário. Há o limite de US$ 3 mil ao dia e US$ 10 mil ao mês. Testamos esse interessante serviço e você confere aqui como funciona o saque em dólares utilizando os terminais de auto-atendimento.

Terminal

É semelhante ao caixa eletrônico convencional do Banco do Brasil, mas abastecido com dólares.

Taxa de câmbio e tarifa

A taxa de câmbio é a mesma das agências físicas do Banco do Brasil e pode ser consultada pelo site ou aplicativo para celular do BB. Basta entrar na opção “Mais Aplicativos” > “Taxas de Câmbio”.

A cotação para saques feitos na data de hoje, às 11h, era de US$ 1 = R$ 3,73 para compra. Provavelmente mais vantajoso que a troca numa casa de câmbio de aeroporto. Ainda assim, é importante pesquisar sempre. Um site interessante que pode ser útil na comparação de preços é Melhor Câmbio, que analisa cotações em diversas casas de câmbio nas principais cidades brasileiras.

Há ainda uma tarifa fixa de R$ 60 por saque.

Vale a pena

Sem dúvida é uma opção prática e segura para os clientes que embarcarem nos aeroportos contemplados com o serviço. Como para a troca na agência também há a mesma taxa, não há diferença para o cliente. O importante é comparar a cotação oferecida pelo banco com outras instituições e casas de câmbio para saber se é um valor justo. Seja qual for sua escolha, é importante atentar que em saques de baixos valores (abaixo de US$ 200), a taxa fixa de R$ 60 por saque cobrada pelo Banco do Brasil acaba onerando mais a transação. Em saques maiores ela fica diluída.

Terminais em agências BB

Além dos aeroportos, mais 13 agências – as quais possuem maior fluxo para este tipo de demanda – também oferecem a funcionalidade: agência Setor Bancário Sul, Estilo SBS e Estilo Alvorada, em Brasília; Estilo Boulevard, em Ribeirão Preto (SP); Estilo Unicamp, em Campinas (SP); Avenida JK, em Palmas (TO); Agência Aracaju, em Aracaju (SE); Agência Santos, em Santos (SP); Agência Rua Uruguai, em Porto Alegre (RS), Agência Caxias do Sul, em Caxias do Sul (RS); Belo Horizonte, em BH (MG); Cidade das Flores, em Joinville (SC); e Avenida Paulista, em São Paulo (SP).

Ao final de 2015, os canais automatizados (que incluem TAA, mobile e internet) foram responsáveis por 96,1% das transações realizadas no Banco do Brasil.

Fonte: Melhores Destinos






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.