Bancários encerram a greve em Conquista e região

bancos em condeuba

Na noite desta quinta-feira (6), os bancários de Vitória da Conquista e região aprovaram em assembleia o fim da greve em todos os bancos das 45 cidades da base territorial.

Mesmo compreendendo que os bancos não atenderam as reivindicações em sua totalidade, a categoria aceitou a proposta de um acordo bianual, com reajuste salarial de 8% mais abono de R$3.500, 15% de aumento no vale-alimentação e 10% no vale-refeição e auxílio creche/babá em 2016. Para 2017 já está acordado reposição da inflação e 1% de aumento real.

A negociação também garantiu o abono total sobre os dias não trabalhados no período da greve. Foram 31 dias de paralisação, com, em média, 80% das agências da base do SEEB/VCR fechadas. Em todo o país foram mais de 13 mil agências paralisadas.

Apesar do fim da greve, a categoria continuará mobilizada por melhorias nas condições de trabalho, pelo fim do assédio e das metas abusivas, e reivindicando mais contratações para que a população também deixe de ser explorada e tenha um atendimento digno. “Nossa luta continua. Está não foi uma boa proposta, mas diante do cenário político-econômico, a categoria avaliou e deliberou pela aceitação do acordo. Não alcançamos um bom índice, mas a nossa vitória nessa mobilização se deu na capacidade de convencimento da categoria sobre a necessidade da luta coletiva para conter os ataques, que já estão acontecendo e os que virão, contra os trabalhadores”, aponta Paulo Barrocas, presidente do SEEB/VCR.

Fonte: Ascom/SEEB/VCR






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.