Teste da Carteira de Habilitação eletrônica sai do ar

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) retirou do ar a versão eletrônica demonstrativa da Carteira Nacional de Habilitação (CNH-e) que estava disponível em fase de testes. O modelo era acessado apenas por meio do site do órgão e deixou de existir após dúvidas geradas pelos usuários quanto à segurança do aplicativo.

De acordo com o Serpro, a versão completa do dispositivo estará disponível, em definitivo e para as principais plataformas virtuais de download de aplicativo a partir do dia 30 de setembro para os usuários de Goiás. A partir de então, os departamentos de trânsito de cada estado deverão aderir gradativamente à versão piloto do aplicativo até fevereiro de 2018. A decisão foi tomada conjuntamente entre o Serpro e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Disponível desde a última terça-feira, a versão de testes da carteira de habilitação digital disponibilizava apenas uma demonstração de como os motoristas acessariam, no futuro, os seus próprios documentos. Como o aplicativo somente estava disponível por meio de uma empresa pública e, por esse motivo, os aparelhos solicitavam certificação de segurança, parte dos usuários questionou a qualidade do serviço oferecido.

Além disso, de acordo com o Serpro, a versão não disponibilizava ainda o acesso à carteira de habilitação de cada um dos usuários. O órgão garantiu, porém, que o sistema não trazia nenhuma insegurança aos internautas.

“As telas demonstrativas da solução agora podem ser encontradas no site da CNH digital. A versão final da CNH-e será lançada até 30 de setembro e estará disponível para download tanto na loja Google Play Store quanto na App Store", informou a empresa do governo.

Fonte: Agência Brasil

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.